segunda-feira, 12 de outubro de 2015

sinto sua falta

Sinto falta de ouvir você falando comigo do outro lado da linha, rindo das besteiras que falo, contando o que aconteceu no seu dia ou das loucuras que fez na faculdade. Sinto falta da sua cumplicidade.
Sua voz... tão doce, frágil, meio chorosa sempre do outro lado da linha, me trazendo calma, fazendo eu me sentir bem. Você não tem noção da falta que você faz. Tanta coisa acontecendo e eu sem poder compartilhar minhas felicidades e tristezas com você.
Todo esse silêncio está muito estranho, as coisas estão desandando e você não move um dedo pra mudar tudo isso. Você não percebe?

Talvez perceba e esteja decepcionada demais pra pegar o telefone e me ligar, ou apenas me chamar por mensagem. Eu sempre vou estar aqui, sempre.
Tomara que no dia que todo esse castelo escuro que estou criando desmoronar, você esteja por lá pra me segurar. Você sempre esteve. Mas dessa vez eu não sei, tenho medo de não encontrar ninguém lá embaixo.

***

A impaciência acabou afogando todo o tempo que era necessário para cultivar o que era pra ter acontecido de melhor. Eu quis dar o meu melhor, mas infelizmente não foi suficiente.

Um comentário:

  1. Acho incrível a sua habilidade de colocar em um texto o que acontece com as pessoas. Aquele texto que te dói bem ali no canto esquerdo acima da costela, que dói onde você jurou que já não doía. Sempre li seus texto sobre essa garota esse é exatamente o que eu sinto agora.Me identifiquei muito e precisava ler em palavras o que sinto. Apenas obrigado!!!!

    ResponderExcluir

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.