terça-feira, 27 de maio de 2014

da madrugada meio bagunçada

Meio perdido, indeciso...
Tudo isso parece um sonho. Um sonho meio obscuro, que está longe de acabar e eu estou dentro dele tentando me acordar.
É tanta coisa estranha acontecendo, tudo está tão bagunçado, tudo isso parece que nunca vai acabar. Parece que eu nunca vou conseguir me sentir aliviado. Há sempre alguma coisa tentando estragar meu sorriso.
Desde o começo eu sabia que eu estava longe de ser perfeito, mas eu não sabia que seria assim. Que eu seria assim. Tão incompleto, tão vulnerável, medroso, individualista, egoísta...
Não preciso de mais nada para ter certeza de que isso machuca quem está perto de mim, algumas coisas que eu faço acaba machucando quem mais me quer bem. O problema é que pra mim, isso tudo é tão duro. É tão difícil lidar com isso, sem poder nem ao menos chorar sem parar no seu colo... sem nem ao menos conseguir entender tudo isso...
Você, talvez, não entenderia. Nem eu entendo direito.

Acontece que hoje não estou conseguindo dormir. Estou com frio na barriga, uma ansiedade indescritível. E não é por coisa boa. Sinto que está tudo errado, tudo fora do lugar.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.