sexta-feira, 14 de junho de 2013

os atrasados...

Pretendo ser mais assíduo em relação aos posts por aqui, preciso escrever mais. Isso me faz bem.
Antes de mais nada, quero agradecer a Deus pelos meus vinte anos. Há dez anos eu me imaginava com essa idade, achava que iria demorar demais, mas passou muito rápido. Lembro-me das indagações que eu fazia a mim mesmo, pensando no que eu trabalharia, se nessa idade eu já estaria trabalhando ou só estudando, ou se eu já teria gravado meu CD... é eu pensava - e ainda penso, rs.
Na verdade ainda tenho muita coisa para concretizar, muita coisa para alcançar, para mudar, consertar... Sei que esses dez anos que passaram foram suficientes para zerar tudo e viver uma nova década e tentar alcançar todas as coisas que foram esquecidas com o tempo. Daqui alguns anos, estarei completando 30 anos, talvez casado e com filho(s), e quem sabe eu volte no tempo e tente lembrar de todas as coisas que vivi...
Vivi boas coisas. Sempre tive o que eu quis: Deus. Isso basta.

***

Desde que comecei a faculdade sempre venho falando sobre ela por aqui. Talvez só nas semanas de provas venho aqui e posto minha angústia.
Agora não é diferente. Estou na reta final do quinto semestre, últimas provas chegando e eu aqui, com medo, rs.
Eu estudo, mas sempre tive problema com confiança, medo de não conseguir fazer ou lembrar o que estudei, já que tenho um sério problema em me lembrar das coisas - minha namorada que o diga -, mas sempre acaba dando tudo certo, ou não. rs.
Só sei que terei que triplicar meus estudos, e tentar aprender tudo que ainda não entrou na minha humilde cabeça.
Às vezes queria ter mais facilidade em aprender as coisas. rs.
Enfim, depois que tudo isso passar, venho aqui dar as boas notícias das férias.

***

Acho que dos poucos livros que li, aprendi tanto quanto nesse último. Esses dias me peguei pensando nele e revendo todas aquelas cenas construídas na minha mente ao lê-lo. Foi incrível. As paisagens, o rio, a cachoeira, o barco... Tudo...
Penso em relê-lo. Aprendi tanta coisa com ele, mudei tanta coisa em mim...
Espero que o próximo livro seja uma escolha tão certa quanto essa, uma escolha tão certa que me faça lembrar dele para sempre.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.