quinta-feira, 7 de março de 2013

primeiro do ano



Terminei de lê-lo, finalmente.
Por pouco ele não ficou pela metade, como muitos livros que já li. Mas esse... esse não merecia.
Desde que comecei a ler, me surpreendo a cada página virada e a cada sentimento que todas essas folhas trazem consigo...
E já vou dizendo, se for escolher um livro de ficção para ler esse ano, leia esse. Sem a menor dúvida.


O livro começa falando sobre Mack e é em torno dele que toda a história gira.
De uma forma brutal, sua filha caçula foi assassinada numa velha e abandonada cabana. Das poucas provas que puderam ser encontradas, está um broche, o sapato dela jogado no meio do mato e o vestido ensaguentado que o assassino deixara para trás nessa cabana. O corpo, ninguém encontrou.
Esse foi um dos motivos pelo qual Mack não se conforma e se sente dominado por A Grande Tristeza.
Depois de algum tempo questionando Deus e a si mesmo, ele recebe uma carta em sua caixa de correio, num dia de inverno. Era uma carta escrita por Deus, convidando-o para que passasse um fim de semana com Ele, na cabana.

[...]

Não vou contar muito não é? Você ainda precisa ler! rs

Mas a parte do livro que mais me emocionou, foi quando Jesus o convida para andar sobre as águas juntamente com ele, para um passeio até o outro lado do lago...

Lá pro final do livro, no último trecho:

Estou convencido de que Mack e Nan ainda vão lá algumas vezes, à cabana, só para ficarem a sós. Não me surpreenderia se soubesse que ele anda até o velho cais, tira os sapatos e as meias e, você sabe, põe os pés na água só para ver se... bem, você sabe...


Acho que não preciso dizer mais nada... 
Acho que as últimas páginas do livro por si só, faltam saltarem para sua mente.
É como uma explosão de sentimento e curiosidade.
Sinto-me dentro dessa história. Sinto que esse final de semana, fez sentido não somente para Mack, mas para mim também...



P.S.: Algumas coisas no livro, eu não concordei. Mas digamos que, quase o livro inteiro é maravilhoso. rs.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.