sexta-feira, 9 de novembro de 2012

desapego

Com o passar dos anos muita coisa acontece.
Pessoas que vem e que vão, manias que são deixadas para trás, gostos gastronômicos que mudam (ou não), rotinas que são deixadas de lado...
Muita coisa muda.
É preciso muita coragem para largar algumas coisas. O desapego nem sempre é fácil. Na maioria das vezes é uma decisão muito difícil.
Passamos a amar pessoas que estão ao nosso redor e só depois vamos percebendo o quanto alguns nos fazem mal. São nessas horas que temos que decidir se continuamos levando isso, ou se largamos logo antes que traga sérios problemas.

Já passaram muitas pessoas pela minha vida, pessoas que foram tão próximas a mim, que quando me recordo dos momentos que passei ao lado delas, acho estranho, pois não estão mais comigo.
Começamos a gostar e quando somos separados disso, sofremos.
Hoje eu percebo quão bom foi a distância. Hoje eu vejo que manter um relacionamento de amizade - ou seja lá qual for - com pessoas que nos fazem mal, não é muito bom.
O desapego é difícil, mas - algumas vezes - é preciso.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.