terça-feira, 19 de junho de 2012

tempo...

aquele que se encarrega de trazer e levar. Aquele que é responsável pelo esquecimento, pela presença e pela ausência.
Queria eu, um dia, poder entender todos os seus mistérios... todos os seus motivos.
Preciso entender que certas fases são necessárias para encontrar-me. Preciso entender que me perder nas linhas da vida é o que me ajuda a traçar minhas metas e voltar à estável luta; aquela que nunca acaba.
Meio cômico a conformação com a luta... mas a verdade é que isso já virou tão comum, que já não me importo mais. Não sei se estou errado, mas é assim que vejo.
Agora o tempo é de consertar o que foi feito, tentar retornar ao princípio em que tudo era mais belo, tudo era mais simples de viver, tudo era mais simples de entender.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.