quinta-feira, 5 de janeiro de 2012

já é manhã, é hora de acordar


E o ano começa e eu continuo na mesma, como se minha mente ainda estivesse em 2011.
O mais intrigante é que as lutas parecem não ter fim, a calmaria não chega, minhas forças vão indo embora...
Estou esperando a hora em que poderei descansar dessa luta, me livrar disso tudo e poder olhar para trás e ter a lembrança de uma vitória recente.
A derrota dói, mas não foi feita para mim. Não aceito perder, não aceito ser jogado de lado e simplesmente desistir sem tentar até o fim.
É preciso saber perder... Mas nesse jogo, chamado vida, perder pode ser o resumo de uma vida inteira ser jogada no lixo, como se não tivesse existido.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.