quinta-feira, 1 de dezembro de 2011

Dezembro...


É... Como o tempo anda...
Olho para trás, e posso ver tudo o que eu fiz nesse ano de 2011. Tive conquistas, mas também tive MUITAS derrotas.
Mas é caindo que se aprende.
Chorei muitas vezes, sentindo dor por não poder reagir; por estar algemado pelo pecado, dilacerado pelas tentações e, muitas vezes, incapacitado de lutar.
Fui fraco, inúmeras vezes. Muitas vezes agi como um tremendo perdedor.
Como é difícil viver uma vida sem mancha, sem pecado, sem quedas... Bem que eu queria ter uma vida totalmente santa, livre dos malditos erros.
Muitas vezes eu choro... Eu não aceito... Não aceito cair toda vez que me levanto. Não aceito ser alvo de tantas flechas e sofrer tentações tão fortes.
Sei que isso é falta de fé minha... Deus nunca mandaria uma tentação maior do que eu pudesse suportar. Preciso lutar mais, preciso orar mais...

Mas deixando de lado a tristeza, vamos parar para pensar. Quantas conquistas você teve durante esse ano?
Eu, particularmente, tive algumas conquistas, que foram cruciais para minha vida. Primeiramente, comecei minha faculdade; já terminei meu segundo semestre. Isso foi meu grande orgulho desse ano.
Não, não é numa faculdade federal. Mas isso não ofusca nem um pouco o brilho da minha conquista. Não me envergonho disso, muito pelo contrário.
Mais ou menos no meio desse ano - acho que em maio - comecei meu estágio. Não foi da maneira como eu imaginei. Antes de tudo eu imaginava só o lado positivo, o lado bom - a conta bancária mesmo.
Era um salário bom, para um estágio no primeiro semestre de engenharia. Era até um privilégio, digamos assim. Mas eu preferi sair do estágio e dar total atenção aos meus estudos.
Apesar de ter aprendido muito nesse estágio, era muito desgastante.

Lembro-me desse post, no dia onze de dezembro. Era alegria total.
Feliz por ter terminado o ensino médio, feliz por já estar matriculado na faculdade, feliz por estar de férias... rs
Parece que foi ontem que exclamei em 2010, "finalmente, férias!".
Lembro-me nitidamente como foram essas férias e posso dizer que, foram PERFEITAS.

Sabe, só de estar no mês de dezembro, já lembro-me de uma coisa: o natal.
A melhor data do ano, a melhor sensação do ano, a maior felicidade. Não apenas por ser uma data especial, mas por reunir toda a família e juntamente com todos, festejar. Isso é muito bom. Isso é muito inesquecível.

Acho que o post, já está grande não é? Acho que 0,01% das pessoas que leem meu blog com alguma frequência, vão ler tudo... rsrs
FIM, com gosto de "quero escrever mais..."

2 comentários:

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.