quinta-feira, 29 de setembro de 2011

um grito de socorro


É nesse momento quando eu tento gritar, quando eu quero chorar, quando é uma grande confusão em meu interior. É muito difícil conseguir superar, fingir que nada está acontecendo e simplesmente dizer que eu vou conseguir vencer...
As dúvidas me assombram, o medo invade a alma e aquele nó na garganta que até dificulta a respiração.
Quero respostas, quero entender tudo o que está acontecendo. Quero que tudo passe logo, e que aconteça o que tiver que acontecer.

0 comentários:

Postar um comentário

quem escreve

Minha foto
Rodolffo Saldanha
Estudante de Engenharia Civil e Arquitetura e Urbanismo, 23 anos.
Visualizar meu perfil completo

o que já escrevi...

Rodolffo Saldanha. Tecnologia do Blogger.